Esclarecimentos sobre as avaliações da FCV pelo INEP/MEC
a
TWITTER
b
FACEBOOK
x
INSTAGRAM
r
YOUTUBE

 

21/11/2011


Esclarecimentos sobre as avaliações da FCV pelo INEP/MEC


As notícias veiculadas nos últimos dias na imprensa e nas redes sociais não refletem a realidade atual da Faculdade Cidade Verde – FCV, pois a nota 2,0 no IGC (Índice Geral de Curso) retrata a avaliação dos cursos de Administração e Ciências Contábeis no ano 2009, data_evento que passaram pelo ciclo avaliativo do SINAES (Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior). Naquele ano, a FCV estava vivendo uma outra realidade tanto estrutural quanto pedagógica. Estávamos instalados na Avenida Carneiro Leão, muitos dos nossos professores sem o título de mestre e/ou doutor, e havia, ainda, a existência de currículos dos cursos de 2005.

No ano de 2010, priorizamos investimentos em estrutura física, em corpo docente, na mudança da matriz curricular e dos projetos pedagógicos dos cursos de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas. Ainda naquele, ano a FCV passou por processo de recredenciamento junto ao MEC e de reavaliação de seus cursos, obtendo nota 3,0, pela Portaria SESu/MEC 1.535, de 24/10/2011, publicada no Diário Oficial da União em 25 de outubro de 2011, índice considerado satisfatório pelo MEC.

Conforme reportagens veiculadas na mídia, “as instituições com notas baixas vão passar por supervisão do governo federal e podem ser alvos de medidas que vão do arquivamento de pedido de abertura de novos cursos até o descredenciamento”, o que não se aplica a nossa instituição neste momento.

No ano de 2010, obtivemos a autorização de 03 novos cursos: Análise e Desenvolvimento de Sistemas (100 vagas), Gestão Comercial (100 vagas), Gestão da Produção Industrial (100 vagas) e em 2011 foi a vez do curso de Direito (80 vagas), o que só é concedido a instituições com nota 3 ou superior.

Portanto a situação de IGC baixo da FCV já foi revertido e o que encontramos nos veículos de comunicação não retrata a nossa realidade e de muitas outras Instituições que também passaram por processo de recredenciamento, melhorando seus índices de qualidade.

O Corpo Diretivo e Pedagógico da FCV tem trabalhado com afinco para garantir a qualidade do ensino, a transparência de nossos atos, bem como, com o cumprimento dos nossos propósitos: ser referência local, regional e nacional na preparação de profissionais aptos a atuarem no mercado de trabalho, atendendo as necessidades dinâmicas dos segmentos empresariais.

Este é um momento muito difícil para toda a comunidade acadêmica da FCV, porque novamente estamos sendo alvo de inverdades sobre a qualidade dos serviços de graduação e de pós-graduação que prestamos a Maringá e a toda região noroeste do Paraná.

Mais uma vez contamos com a confiança, empenho e apoio de nossos acadêmicos e nos colocamos à disposição para esclarecer a quaisquer dúvidas.

 

Professor José Carlos Barbieri,

Diretor Geral da FCV


 

Galeria

 

 

Compartilhe com seus amigos:

 

Voltar