Dicas para se adaptar ao home office
a
TWITTER
b
FACEBOOK
x
INSTAGRAM
r
YOUTUBE

 

Dicas para se adaptar ao home office

20/03/2020


Dicas para se adaptar ao home office


Nesta última semana muitas empresas decidiram adotar o home office como uma forma de lidar com a necessidade do isolamento. Para alguns isso pode ser uma maravilha, não há uma supervisão constante, sem muitas conversas e a plenitude em estar sozinho com o seu trabalho. Contudo algumas pessoas podem ver isso como um grande desafio de organização e foco. Se você se encaixa nesse segundo grupo, fique tranquilo! Vamos tentar te ajudar a enfrentar esse novo desafio. 

Técnica pomodoro
Essa técnica consiste em realizar pequenas pausas a cada 25 minutos de produção. É bem simples, saca só. Primeiro separe uma lista das tarefas que você precisa realizar, coloque 25 minutos no cronômetro e mão na massa! Passado esse tempo, tire 5 minutos para descansar um pouco, mexa no Instagram, lave sua mão com sabão, faça um alongamento, o que você preferir. Repita esse ciclo por 4 vezes e tire uma folga maior, de uns 15 a 30 minutos. 
A técnica exige prática e no início pode ser meio complicada, mas com o tempo vai ficar mais fácil e você se sentirá produtivo. Claro que vale a pena ir se adaptando de acordo com a sua necessidade e produção, mas, de um modo geral, ela funciona bem e te ajuda na questão da disciplina. 

Organização
Disciplina é uma das palavras chave no home office, e quanto mais perto você estiver da sua cama mais complicado é trabalhar. Em função disso, procure um cômodo especial para o trabalho e trabalho somente. Lembre-se, você está em serviço, comporte-se de acordo! Pode ser muito tentador abrir a Netflix ou lavar a roupa suja, resista e deixe essas atividades para depois do expediente ou para um intervalo.

Horários
Manter a sua rotina vai te ajudar, resista à tentação de acordar mais tarde, siga seus horários de entrada no trabalho, intervalo, almoço e especialmente do fim de expediente. Isso mesmo, especialmente este. O problema de trabalhar em casa é que às vezes podemos querer fazer uma maratona de trabalho, contudo isso pode ser ruim pra você, fazendo com que gaste toda a sua energia num dia só e fique exausto no seguinte. Então, como um bom maratonista, lembre-se: administre a sua energia! Assim que seu expediente acabar, feche os programas, desligue o computador, apague a luz e vá para casa, bem... neste caso, para o cômodo do lado. 

Cuidado com as distrações 
Se você está em isolamento com sua família, cabe uma conversa franca com todos, principalmente se houver crianças na jogada. Converse e reflita, seu filho vai até seu trabalho para te perguntar por que o milho verde é amarelo? Então... É interessante conversar com ele e explicar que, por mais que esteja em casa, você está trabalhando, e que assim que der a hora ele vai receber toda a atenção e amor necessário. Claro que imprevistos acontecem, mas na medida do possível tente manter a rotina usual. 
Falando em distrações... Quem nunca abriu a guia anônima no meio do trabalho para dar uma checada nas redes sociais que atire a primeira pedra. Trabalhando em casa a tentação é ainda maior! Por isso, tente ao máximo deixar esses momentos para os seus intervalos. Neste caso a técnica pomodoro funciona muito bem! 

Não se sinta muito em casa 
Você não está em casa... Pode soar contraditório, mas você está no trabalho, tente colocar isso na cabeça e lidar com o home office como uma grande mudança de sala. É sedutor trabalhar com pouca roupa, deitado no sofá, beliscando petiscos, mas isso pode te atrapalhar, fazendo com que seu cérebro não “vire a chave” para o trabalho. Não precisa ser drástico ao ponto de usar uniforme, mas evite algumas liberdades, isso pode te ajudar a colocar a cabeça no trabalho.
   
Pronto! Aí estão algumas dicas para te ajudar. Lembrando que elas não são garantias de trabalho, é preciso testar, analisar e se adaptar. Cada pessoa é única, por isso o método para o trabalho de cada uma deve ser único também. Procure aquele que melhor combina com você e bom trabalho! 

Assessoria de Comunicação - UniFCV


 

 

Compartilhe com seus amigos:

 

Voltar