Literatura e identidade cultural negra são pautas em palestra realizada na UniFCV
a
TWITTER
b
FACEBOOK
x
INSTAGRAM
r
YOUTUBE

 

Literatura e identidade cultural negra são pautas em palestra realizada na UniFCV

14/11/2019


Literatura e identidade cultural negra são pautas em palestra realizada na UniFCV


Nesta quarta-feira (13) ocorreu a primeira etapa do Projeto Desacorrentando o Pensamento da UniFCV. Para a abertura contamos com a palestra do escritor angolano, António Antunes Fonseca, que também marcou presença na Festa Literária Internacional de Maringá.

Durante a palestra, António debateu sobre a função da literatura como uma forma de identidade cultural que deve ser preservada: “A literatura de um modo geral segmenta aquilo que são os princípios essenciais em qualquer sociedade. Ou seja, a questão da identidade angolana se sedimentou na literatura, embora tenha outros caminhos como na música, por exemplo. Mas a literatura abraça esses momentos e conceitos, do mesmo modo aqui no Brasil. Se fizermos um percurso pela literatura brasileira iremos perceber diversos momentos de afirmação da identidade brasileira”, ressalta o escritor.

Muito se fala dos números como linguagem universal, quando na verdade esse título pertence à arte, que desde os princípios da humanidade estruturou-se como uma forma de expressão de realidades, anseios ou fatos. Começamos com as pinturas rupestres nas paredes de cavernas e desde então não paramos de evoluir e de buscar novas formas de nos expressarmos, transformando assim a arte também em uma ferramenta antropológica de estudo de culturas.

Para António o estudo dessa expressão é algo vital para a compreensão de múltiplas realidades: “A partir do momento que os escritores começam a despencar da literatura portuguesa, na época que começam a entrar no romantismo, no regionalismo, vão se firmando, em sua diversidade, o que se pode entender como a identidade da literatura brasileira. Portando não podemos encarar um país ignorando esses aspectos das histórias que acabam por encontrar o seu espaço de afirmação no quadro da literatura”.

Desacorrentando o Pensamento

O projeto da UniFCV em parceria com o colégio Axia tem como objetivo destacar a importância da conscientização negra e, no papel de instituições de ensino, buscamos sempre proporcionar o debate e não se isentar perante a necessidade de discussão, uma vez que o diálogo é a principal ferramenta de formação pessoal e transformação da sociedade.

Além da palestra, a instituição receberá uma exposição de figuras fundamentais da nossa história, porém que nem sempre recebem a atenção merecida. Desta forma compreendemos que faz-se necessário um espaço de discussões sobre a importância dessas figuras na sociedade atual, além de buscar, por meio do conhecimento, a desmistificação de conceitos nocivos em relação a cultura afro-brasileira.

A exposição ocorrerá no anfiteatro da UniFCV à partir do dia 20/11. Ao fim da exposição, no dia 29/11 contaremos com um debate no período noturno, com o Prof. Paulo Navasconi e Bruno Barra. Para mais informações fiquem atentos nas nossas redes em @unifcv

Assessoria de Comunicação – UniFCV


 

 

Compartilhe com seus amigos:

 

Voltar