III Semana de Psicologia se inicia com muita cultura e animação
a
TWITTER
b
FACEBOOK
x
INSTAGRAM
r
YOUTUBE

 

III Semana de Psicologia se inicia com muita cultura e animação

29/10/2019


III Semana de Psicologia se inicia com muita cultura e animação


Foi divulgado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) um balanço sobre casos registrados no Disque 100 (Disque Direitos Humanos). De acordo com as informações foram mais de 500 casos relacionados à intolerância religiosa, sendo as religiões de matrizes africanas as mais atingidas pelo preconceito.

Quando paramos para olhar o código de ética do profissional de psicologia é possível ver menções aos preconceitos também “Os psicólogos atuarão segundo os princípios éticos da profissão contribuindo com o seu conhecimento para uma reflexão sobre o preconceito e para a eliminação do racismo” e “Os psicólogos não se utilizarão de instrumentos ou técnicas psicológicas para criar, manter ou reforçar preconceitos, estigmas, estereótipos ou discriminação racial”. Com isso em mente os alunos da UniFCV pensaram “qual a melhor maneira de abordar esses assuntos?”, e foi assim que surgiu a ideia do show de talentos durante a III Semana de Psicologia da instituição.

O evento teve sua abertura na segunda-feira (28) e contou com a apresentação do grupo de maracatu Baque Mulher, além de produções artísticas dos alunos do curso, como desenhos, fotografias, declamação de poemas, músicas e até mesmo uma encenação teatral.

Às 8h30 da manhã boa parte da instituição levou um susto quando sons de tambores percorreram os longos corredores do centro universitário. Com esse toque de despertar o Baque Mulher invadiu o auditório trazendo muita cultura, religião e conhecimento na base da música, que fez todo mundo levantar e dançar. Uma das participantes do grupo, Laís Azevedo Filho, comentou um pouco sobre o que exatamente é o maracatu no intervalo entre músicas: “O Maracatu é uma manifestação afro-religiosa de Pernambuco que já nasce no seio do Candomblé, por isso o berço do maracatu é a religiosidade e a arte. A arte está na religião e a dança não é só arte, é ancestralidade, acreditamos que todos esses movimentos artísticos trazem conhecimentos que não cabem na nossa psiquê, que não conseguimos decodificar, então a arte é de extrema importância para a nossa cultura.”

Durante a apresentação o grupo ainda tirou um tempo para falar um pouco sobre a sua cultura para combater o preconceito. Como já diria o cantor Criolo “conhecimento traz luz”. Entre os papos um Orixá roubou a atenção, Exú. Conhecido por ser uma divindade da comunicação, da ordem e paciência, ele se destaca como uma das figuras mais populares do Candomblé e da umbanda.

Como era de se esperar o som atraiu alguns olhares curiosos, sejam de alunos da UniFCV, funcionários ou até mesmo alunos do colégio Axia, que no momento estavam no intervalo. Este foi o caso do aluno do primeiro ano, Giovani Ferreira Lourenço, que foi conferir a apresentação e ainda comentou sobre a importância de atitudes como essas: “Ouvi elas tocando e fiquei curioso, acompanhei o som e encontrei a sala. Me apaixonei pelo ritmo e fiquei para assistir à apresentação. Foi uma sensação bem boa que me atraiu. Acho bem importante atividades como essa, para demonstrar como é uma cultura que não conhecemos, para aprender mais e também se divertir um pouco”.

As vezes o que precisamos dizer é muito complexo para ser apenas dito, as palavras possuem limites, porém a criatividade humana não. A comunicação vai muito além da fala, para nos comunicarmos podemos utilizar de gestos, expressões, movimentos e olhares. Por isso, depois do show do grupo, ainda rolaram várias manifestações culturais de alunos do curso, que encontraram a melhor forma de expurgar sentimentos ocultos, eles usaram a verdadeira linguagem universal: a arte, tendo como guia todo o esplendor de Exú.

O evento continua até o dia 30 deste mês, com mais eventos culturais e palestras que debaterão a importância da psicologia na saúde pública.

Assessoria de Comunicação Social – UniFCV.


 

 

Compartilhe com seus amigos:

 

Voltar