Círculo do diálogo é criado a partir da justiça restaurativa e tem como tema principal o respeito
a
TWITTER
b
FACEBOOK
x
INSTAGRAM
r
YOUTUBE

 

Círculo do diálogo é criado a partir da justiça restaurativa e tem como tema principal o respeito

03/06/2019


Círculo do diálogo é criado a partir da justiça restaurativa e tem como tema principal o respeito


No dia 30, as turmas do 2° e 3° ano de Direito se juntaram, e sob a coordenação das professoras Izabeth Silveira e Priscila Amerlin organizaram o círculo do diálogo, no qual os alunos tiveram um espaço de escuta e fala para dialogarem sobre um tema escolhido, Respeito.

Essa ação faz parte da proposta da justiça restaurativa e tem como objetivo conscientizar os participantes e solucionar problemas do cotidiano, onde nesse espaço não existe uma hierarquia, fazendo com que todos dialoguem em um mesmo nível.

De acordo com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a justiça restaurativa constitui método de resolução de conflitos que trabalha o trauma da vítima e a responsabilização do ofensor, assim como promove a participação da comunidade. “A atividade foi realizada com a metodologia dos processos circulares. Os alunos foram divididos em 07 círculos, com duas facilitadoras para a realização da atividade, ” explica a coordenadora de Direito, Profª Priscila Amerlin.

No início da atividade foram determinadas algumas diretrizes (regras, contrato) para gerenciar o diálogo fazendo com que todos possam falar e serem ouvidos. No centro do Círculo do Diálogo ficaram os objetos que representam essas diretrizes, que representam o sigilo, o respeito, a palavra que vai ser dada e que estabelece uma conexão com todos os participantes. Um exemplo, se vai ser falado sobre estudos, tem que ter no centro do círculo livros, horários de aula e etc. para representar aquilo.

Entre os objetos presente no círculo, tem também o objeto da palavra, que dá a voz a cada um, quando você está com o objeto em suas mãos só você tem o direito de falar, enquanto os outros ficam em silêncio, assim que você terminar passa o objeto ao próximo e assim sucessivamente, demonstrando o respeito por quem está falando no momento.

Os temas são escolhidos de acordo com o que está acontecendo na vida do grupo e por qual a situação que levou a fazer o círculo. A atividade pode ser desenvolvida para diferentes tipos de pessoas e para diversos setores, sejam alunos, professores ou colaboradores. Podem ser discutidos vários temas dentro desse círculo, e a ideia é atingir juntamente com o Projeto Aconselhamento o máximo de pessoas, suprindo essa necessidade de um espaço para o diálogo. O círculo feito com as turmas de direito teve a participação de uns 100 alunos.

“Posso dizer que sai daqui com a sensação de missão cumprida, que abriu um espaço muito interessante na UNIFCV, de diálogo, de escuta, de respeito, muito legal”, comenta a coordenadora pedagógica Izabeth Silveira.

Assessoria de Comunicação – UNIFCV

 


 

 

Compartilhe com seus amigos:

 

Voltar