Para evitar fraudes diplomas serão catalogados
a
TWITTER
b
FACEBOOK
x
INSTAGRAM
r
YOUTUBE

 

Para evitar fraudes diplomas serão catalogados

29/04/2016


Para evitar fraudes diplomas serão catalogados


Com o objetivo de por fim as falsificações de diplomas no país o Ministério da Educação (MEC) irá disponibilizar um portal oficial com cadastro público de todos os diplomas de graduação. O cadastro poderá ser acessado a partir de maio. O Cadastro Nacional de Concluintes (CNC) será posto à disposição pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), mas a inscrição no portal será feita por todos os concluintes dos cursos de graduação como condição curricular obrigatória à diplomação. Nesse cenário, as instituições de educação superior serão obrigadas a acompanhar o questionário do estudante e informar a conclusão do curso e a emissão dos diplomas. A iniciativa visa a melhorar a qualidade das instituições e dos cursos ofertados, além de liberar informações para autoavaliação das instituições. A plataforma pretende também oferecer um banco de dados sobre os egressos. Nele, os estudantes formados poderão compartilhar sua evolução profissional pelo período de um a três anos. Outra novidade do MEC é a criação do Grupo de Trabalho de Avaliação do Desempenho da Educação Superior (Gtaes), composto por 15 entidades. Criado para instituir novos indicadores de qualidade da educação superior brasileira, o grupo terá entre 30 e 60 dias para apresentar os ajustes finais de todo esse processo.

 

Assessoria de Comunicação Social – FCV 


 

 

Compartilhe com seus amigos:

 

Voltar