Conheça os vencedores do 1º Festival Prato de Butiquim
a
TWITTER
b
FACEBOOK
x
INSTAGRAM
r
YOUTUBE

 

22/12/2011


Conheça os vencedores do 1º Festival Prato de Butiquim


Por: Alexandre Gaioto

O 1º Festival Prato de Butiquim, realizado durante 20 dias de novembro, reuniu quarenta casas de Maringá para que o público escolhesse os sabores da cidade. Os vencedores nas quatro categorias (prato, petisco, lanche e destaque do Festival) foram anunciados na noite de ontem no Out Maringá. Na categoria prato, o vencedor foi o Alcatrão, com o prato que leva o nome da casa, seguido por Silvan Cult, que participou com o rodízio de picanha, e o Monte Líbano, com seu carpaccio árabe. Nos petiscos, quem sagrou-se campeão foi o Car Wash, com joelho de porco à pururuca, enquanto o segundo lugar foi para a Confraria 1516, oferecendo o alfajor de beringela, e o terceiro ficou com a Pizzaria Calor e Verão, competindo com a pizza tropeiro e pimenta em petisco. O filé mignon com creme de gorgonzola, do Bistrô Lanches, foi contemplado com o primeiro lugar na categoria lanches. Em segundo e terceiro, respectivamente, ficaram o Café Cremoso Café, com o beirute mignon, e o Baradel Lanches, com o x-Baradel. De última hora, a organização do festival inseriu mais um prêmio: destaque do Festival. Nessa categoria, eles levaram em conta o número de cédulas de avaliação deixadas pelo público. O estabelecimento que mais angariou cédulas foi o Bar do Rafa (servindo mocotó), com 1.937 fichas- ao todo, foram distribuídas 12 mil cédulas. Público e um juri, composto por nutricionistas, jornalistas e pessoas apaixonadas pela gastronomia, deram as notas aos pratos. Realizado pela Faculdade Cidade Verde, Senac, MLG Comunicação e Eventos e Grupo O Diário, o festival contou com o apoio da Prefeitura de Maringá, Conventions Bureau e RIC TV .

Para o próximo ano, o Festival Prato de Butiquim vai conseguir se consolidar em Maringá, acredita o gerente de marketing do grupo O Diário, Wilson Teixeira. "Será a consolidação do trabalho deste ano. Nós vimos que os estabelecimentos tiveram de contratar funcionários para atender o clientes, que aumentaram com o Festival", diz. Outro ponto positivo que Teixeira adianta são os patrocinadores já engatilhados. "Com o patrocínio praticamente fechado, não ficamos dependentes do poder público". Para uma das organizadoras, Maria Lígia Guedes, da MLG Comunicação e Eventos, o festival em 2012 terá algumas mudanças. O evento gastronômico deve começar no primeiro semestre, com um encontro dos proprietários dos estabelecimentos que vão participar. Numa mesa-redonda, a ideia é fazer uma reunião técnica, ouvindo o feedback dos empresários. O número de casas participantes continua o mesmo: quarenta bares e restaurantes. O período de duração do Festival também vai mudar. Em vez de 20 dias, o público pode conferir o Prato de Butiquim em 30 dias. O mês ainda não está definido, pode ser em outubro ou novembro. "O Festival contribuiu muito para o comércio e turismo da cidade. A expectativa é de que as casas desse ano participem novamente e que o público continuem provando os pratos que estão concorrendo", diz Angélica Rodrigues, nutricionista do Senac.

FONTE: ODIARIO.COM (publicado em 20/12/2011 às 02:00)


 

Galeria

 

 

Compartilhe com seus amigos:

 

Voltar